11 de jan de 2012

FASHION RIO | Inverno 2012 - Dia 1

Amo acompanhar as semanas de moda e nessa época é ainda melhor já que não tenho outros compromissos e posso ficar o dia todo vagando pelas novidades que ocorrem lá no Pier Mauá, só que... Posso falar? Que calor só de ver as roupas do inverno! *arrepios involuntários* Mas ignorando as frustrações de quem sofre aos 40ºC, o que aconteceu no primeiro dia da Fashion Rio Inverno 2012 foi...
Herchcovitch
Como fã do estilista, posso dizer que senti falta da ousadia na passarela. Sim, foi uma coleção cheia de peças desejo, com muito camuflado, influencia dos anos 80 e, principalmente, jeans! Inspirado dos artistas nova iorquinos do Soho de algumas décadas atrás, Alexandre trouxe silhuetas amplas que ficam bem nas modelos magérrimas e nas plus size, jeans que vão do coringa blue até o delavé - cheios de detalhes como botões, desfiados e alguns respingos a la Basquiat. Agora momento-não-posso-viver-sem: O maxi tricot preto com caveira (terceira foto direita no topo) vai ser meu!
Acquastudio
Acquastudio em uma palavra? Textura! Ok, pode ser duas? Textura e estrutura! Tá, volto para uma: Construção! Embora não fosse toda aquele high fashion que estavam prometendo, a grife manteve seu rigoroso trabalho manual numa coleção com carinha vintage, cheia de saias lápis midi, golas arredondadas e saias rodadas pelo joelho. A texturização estava a mil, em alguns casos foi até em demasia. A cartela de cores incomum chamou atenção ao combinar tons de ameixa, maça-verde, cobre, cobalto... Achei fofinha - e quero os três últimos vestidos!
Patachou
Os países orientais são sempre uma boa fonte de inspiração para os estilistas. Érika Frade se voltou para um Japão luxuoso, onde as peças sempre davam uma lembrança ao quimono. Lurex, jacquard e linho encerado se misturavam á phynesse da seda e do cetim, numa cartela que misturava cores fortes ao lado de tons metalizados. Ficou pesado demais - mesmo com as sandálias de tiras finas.
Alessa
Alessa inovou ao trocar o seu característico cetim por crepes de seda, lã, malhas de trico e crepes de jacquard. Mas a estamparia estava lá: étnica, tribalista e muito cheia de detalhes. Uma alfaiataria interessante que contrasta com algumas peças que são amarradas. Literalmente.
Cantão
De inicio, o brancão junto de tecidos pesados dá um clima glacial elegante (e quente) e no decorrer, tudo termina no xadrez grunge de flanela - e sua volta depois de esquecido no verão. O que aconteceu no meio tempo? Uma modelagem simples e limpa, sem grandes frufrus e muuuuuuita malha - de pesos variados. Leggings, túnicas e alguns tricots fazem ponto numa coleção casual, jovem e bastante comercial!
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

5 comentários:

  1. Nossa gostei, não sou muito de Fashion Weeks ( shame on me) mas gostei desse desfile principalmente Herchcovitch e Acquastudio, ficou muito lindo, babei por várias roupas. A que menos gostei foi o Patachou, só de olhar eu já tinha decidido isso. Na verdade to começando a gostar de semanas de modas ( comentário anacoluto).

    Beijos
    Thaila
    http://onlycrazygirl.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi Jo!
    Adorei o post! Também adoro moda ;)
    Os desfiles foram muito bacanas, mas o que mais gostei foi do Herchcovitch!
    Roupas estranhas as da Patachou hahahaha
    Ótimo post :)
    Obrigada pela visita e pelo comentário!
    Tem post novo no blog, passa lá :)
    Beijos,
    Nathi
    @bookswonderland
    Books in Wonderland

    ResponderExcluir
  3. Não gostei muito desses looks, estão muito diferentes um do outro, o que eu gostei pois gosto de diversidade, mas acho que tá muito exagerado e eu não usaria isso por nada! Os sapatos também não me agradaram, acho que ano passado tudo tava muito mais lindo... sem dúvida os outros dias foram melhores que esse

    ResponderExcluir
  4. Aaaah esses posts do Fashion Week eu nem tenho muito a comentar porque não é um universo que eu acompanho e entendo o porques de cada estilista kkkk

    ResponderExcluir
  5. Hey Joana!
    Então, vamos ao que eu achei... A palheta de cores simples que os estilistas usaram deixou as roupas em sua maioria sobrias mas sem perder a elegância. O jogo de cores e texturas foi brilhante, pegaram algo simples que é a malha e jogaram um diferencial, o estilo das botas tambem deu um ar sofisticado as peças (eu adorei quase todas as botas). E o fato de nao terem investido tanto em maquiagem e penteado das modelos deu uma certa naturalidade
    Assim a atenção ficou mesmo para o corte da roupa. O que aquele 3º look Herchcovitch (o da caveira) Genial!!

    Beijo

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!