31 de out de 2011

Mini Becky Bloom

Mini Becky Bloom por Sophie Kinsella - Becky Bloom #6

Becky Bloom está casada com o homem de seus sonhos, Luke, e tem uma filha de dois anos, Minnie, que parece seguir desde já o gosto da mãe por compras e pela moda. Mas criar a filha é muito mais complicado do que parecia ser, pois a garotinha cria confusões por onde passa. E quando Becky decide dar uma festa surpresa para Luke, não será uma tarefa fácil manter os preparativos em segredo do marido.

Editora: Record
ISBN: 9788501092830
Páginas: 539
Comprar
Livros Anteriores: Os delírios de consumo de Becky Bloom, Os delírios de consumo de Becky Bloom na 5ª Avenida, A lista de casamento de Becky Bloom, A irmã de Becky Bloom, O chá de bebê de Becky Bloom

Vamos e convenhamos, Sophie Kinsella é a rainha do Chick lit! Ela escreve extremamente bem, faz qualquer leitora se identificar e morrer rindo. Sophie Kinsella é aquela autora que escreve os livros que você não pode ler em público para não pagar de louca, nem na calada da noite para não acordar os outros com as gargalhadas. Sophie Kinsella é um gênio e não tem como não amar qualquer título dela!

"Meu bolo, meu boneca, meu sapato, meu casaco, meu carro!": De repente "Meu" se tornou a palavra favorita de Minnie, a filha de 2 anos de Becky. E é impossível controlá-la. Já foram expulsas de quatro tocas do Papai Noel, estragou o próprio batizado (mentira, essa parte não foi culpa dela), sabe encomendar casacos e dar lances em sapatos pela internet. E ainda por cima todos dizem que Minnie é mimada, até Luke. Mas ela não é mimada, só parecida com a mãe...

Além disso, a Inglaterra faliu! Todos estão em contenção de despesas, inclusive Becky. Ela prometeu para Luke que só vai fazer compras quando tiver usado todas as peças do seu guarda-roupa pelo menos três vezes - que segundo os cálculos de Jess, a meia irmã que tem um estilo de vida bem natural, será só em outubro do próximo ano. Enfrentando a crise e tentando "domar" Minnie, ela ainda tem que arrumar uma festa de aniversário surpresa para Luke.

Basicamente, o livro é hilario - e gigante. O que é de um lado bom, de outro ruim. São mais páginas para mais risadas, mas também são tantas páginas que sempre quando algo se resolve, sempre sobra muitas outras páginas para dar mais problemas ainda. Mas igual, o livro flui muito rápido!

Becky é e sempre será uma das minhas protagonistas preferidas. Ela é muito divertida e espirituosa, tem ideias completamente piradas e sonha muito alto (rola identificação!). Além de que não são muitas as personagens que tem um grande repertório fashion. Becky conhece todas as peças de todas as coleções de todas as grifes caras.

Luke também é um ótimo personagem! Irônico, estressado, porém fofo. Já a Minnie, eu esperava mais dela na história. Sim, ela aparece e bastante - mas não é focado nela como achei que seria. A ideia principal do livro é o aniversário de Luke e as confusões que a Becky passa para manter segredo. Olha, não são poucas.

Não tem como não se estressar com a Becky e com todos os personagens: é tão clara a solução mais prática, mas você não pode entrar na história e colocar as cartas na mesa. Mas mesmo brigando, você continua os amando. Sophie Kinsella não decepciona nunca (e nunca ganha avaliação menos que 5 estrelas!). Recomendo.
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

30 de out de 2011

Essa Semana #5

Meme semanal hospedado pelo Lost in Chick Lit, onde compartilhamos pequenas informações sobre a nossa semana literária. Tendo como principal objetivo encorajar a interação entre os blogs literários brasileiros, fazer amizades e conhecer um pouquinho mais sobre outras pessoas apaixonada por literatura.

Vem comigo na minha semana literária...


♥ Leitura do momento:
Julieta Imortal - Stacey Jay

♥ Li essa semana:
Beijada por um anjo 4 - Destinos Cruzados - Elizabeth Chandler
Sob a luz da lua - Andrea Cremer
Mini Becky Bloom - Sophie Kinsella

 Resenhei essa semana:

♥ Super Posts:
Mega Promoção de Natal

 Ultima Compra: 
Escuridão e Sombra da Elena P. Melodia (o Subday tá me matando!)

 Desejo Comprar Urgentemente:

Presilhas!

Conversa imaginária com personagem fictício:
"Foge, Calla, foge!"

Eu falaria para o autor:  
"Sophie Kinsella, SUA DIVA!"


 Estado de Espirito Literário:

Muito volúvel a se apaixonar.

Literary Crush 
Ansel, Shay, Ren e Luke.

♥ Feito da Semana: 
1000 páginas lidas!


♥Queria ver no Brasil:
FOREVER XXI

♥ Im in mood for... (gênero literário do momento):

YA

Hey Mr, Postman (ultima coisinha que chegou do correio):
Um kit moda praia da Brigitte


Super Quote:

" Tem coisas que não entendo na Jess, nunca vou entender. Nada de vestido, nada de flores, nada de álbum de fotos, nada de champanhe. A única coisa que ela ganhou com o casamento foi o marido. (É claro que o marido é a coisa mais importante quando nos casamos. Sem duvida. Não preciso explicar isso. Mas mesmo assim, nem um novo par de sapatos?) "
Mini Becky Bloom - Sophie Kinsella - Página 83
 Vi e viciei (booktrailers, trailers, videos whatever):
Someone like you - Adele
E você? Como foi sua semana?
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

A Fera

O plano era ver Lemonade Mouth que trancou em 99,99% do download (sério!) e teve que começar tudo de novo. Então olhei Beastly, mesmo depois de ter prometido que não veria o filme sem antes ler o livro. Costumo amar os livros e me decepcionar com os filmes e, se ver o filme antes, me decepciono com os dois. Só que eu realmente não tava afim de procurar legenda para Sucker Punch ou Eu sou o número quatro (ironicamente, filmes de Vanessa Hudgens e Alex Pettyfer respectivamente), então que fosse A Fera. POR QUE EU NÃO OLHEI ESSE FILME ANTES, #ALGUEMMEEXPLICA???

Kyle foi criado com a ideia de que a quantidade de amigos de uma pessoa é baseado na aparência dela. Foi inevitável ter se tornado um garoto superficial, egocêntrico e muito fútil. Rico, ele sempre viveu com o pai, um jornalista de sucesso, e cresceu com toda a mordomia que o dinheiro podia comprar - levando em consideração que atenção e amor ainda não estão a venda no eBay.

Mas Kyle mexeu com a garota errada ao convidar e dar um bolo na "feia" e tatuada Kendra, uma suposta bruxa da escola. E quem diria que Kendra realmente tinha poderes? Uma maldição transforma o lindo Kyle em uma aberração e ele tem um ano para ouvir "eu te amo" de alguém, senão ficará transfigurado para o resto da vida. Seu pai, envergonhado e com medo de que todos vejam o filho feio, manda o garoto para uma casa afastada da cidade, morando junto da antiga empregada e de um cego. E nisso surge Lindy, uma garota nada popular que sofre com o pai drogado e sonha ir para o Machu Picchu. Ela é a única esperança de Kyle, já que acredita em beleza interior, diferente de todos no antigo mundo da Fera.
Tá na moda fazer adaptações de clássicos, principalmente contos de fadas. Além das várias versões da Cinderela (depois de Drew Barrymore, Hilary Duff e Selena Gomez, está sendo produzido outro com Lucy Hale!), duas novas versões da Branca de Neve (uma com Kristen Steward e outra com Lily Collins), uma da Chapeuzinho Vermelho (com Amanda Seyfrield), tem também adaptação de A Bela e a Fera, estrelando o lindo e maravilhoso Alex Pettyfer e Vanessa Hudgens.

Confesso que nunca fui fã de A Bela e A Fera - nem lembro de um dia ter visto todo o filme da Disney. Mas essa versão me conquistou. Eu amei e o filme já entrou para a lista de preferidos ever! O filme é capaz de fazer gargalhar, chorar, suspirar. Eu queria bater no Kyle ao mesmo tempo que queria consolá-lo. Ele não é o melhor exemplo de cara perfeito, mas concorre ao premio de mudança do ano. Quem resistiria ao garoto estranho que faz uma estufa de rosas no telhado só pra conquistar?

Alex Pettyfer é meu novo ator preferido! Ele é lindo, talentoso, e quando arqueia a sobrancelha ironicamente fica tão fofinho! Vanessa Hudgens, que particularmente não suporto, está até que bastante simpatizante no filme. Lindy é irônica e isso é legal. O meu personagem preferido é Will, o cara cego que mora com Kyle. Ele é muito engraçado! Cada personagem tem uma característica forte que conquista, cada um a seu modo. Aliás, cá entre nós, a Mary Kate Olsen tá irreconhecível como bruxa!

Perfeito, perfeito, perfeito! Depois do filme 6 estrelas (de 5), to com medo de ler o livro e me decepcionar. Eu já tenho, mas to sem tempo pra ler (férias, please!). Agora repito a pergunta: como passei tanto tempo sem ver o filme? Sem conhecer o trabalho de Alex (que, voltando a antiga discussão, dá um Jace mt melhor que Jamie Campbell)? Recomendo!
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

PS: É, eu escrevo muito melhor de dia.

28 de out de 2011

Lição de Estilo #24: Hailee Steinfeld

It girl não é título mais exclusivo para mulheres com mais de 20 anos ou por ai. Ultimamente surgiram muitas garotas de 13, 14 anos que arrasam no assunto moda e fazem bonito nos Red Carpets. Um bom exemplo é Hailee Steinfeld, atriz de 14 anos que já foi indicada ao Oscar. Clássica e delicada, Hailee adapta tendências da passarela para seu jeitinho meigo de se vestir.
Tecidos metalizados continuam fortes na próxima estação! A atriz usou um vestido prateado que equilibrava o comprimento mini com o decote mais fechado. Particularmente, acho uma graça a combinação de prata com lilás - vai dizer que não combinam? O peep toe era de um vinho escuro, quase preto - meio sem gracinha, mas harmonizou com o vestido.
Extremamente delicado, o vestido branco e nude é clássico, tem um lindo jeitinho retrô e fica uma fofura! A parte de cima é completamente texturizada, uma brincadeira de rendas e drapeados. Já a saia é reta com uma camada mais fluida e levemente plissada. Queen B. usaria!
Olha o glamour: jantar na Chanel de LA! E o look tinha uma modernidade, mais rocker e com influencia militar. O vestido mescla era bem amplo, os botões paralelos que dão uma pegada militar, do mesmo jeito do coturno. Embora eu tenha achado o look lindo, acho que Chanel merecia um phynesse a mais...
Clássico e boyish ao mesmo tempo! Haille misturou o clássico cardigã Chanel e a camisa Jill Sander com a simplicidade irreverente do jeans J. Brand, finalizando com um coturno Chanel e meia 3/4 (combinação bem comum ultimamente!). Peças com referencias diferentes que juntas formaram um look digno de it girl.
Representando a Miu Miu no Paris Fashion Week (relembre os principais desfiles aqui, aqui e aqui) ela usou um desfile da grife que tinha uma pegada color blocking bem sutil. Nude e coral (anote essa como a nova trend de cores que combinam, junto do azul+laranja e verde+lilás) num vestido rodado e feminino. A bolsa azul foi mais um elemento color. Une fille très élégante!
Colorido, divertido e com cara de meia-estação! O vestido mega estampado e colorido dava destaque para o amarelo limão, mesma cor da bolsa (se o vestido fosse todo da cor ficaria brega combinar, mas como é só a barra - que já chama atenção suficiente). A jaquetinha jeans deu um toque mais informal - vai dizer que você não tem peças bem assim no armário? Mas destaque para a amigue ali atrás de meia 5/8 cinza e oxford #fashion!
Comprimento mullet: o novo queridinho - acho lyndo! O vestido Stella McCartney era todo estampado, uma brincadeira de tons terrosos metalizados. A falta de decote deixava espaço para o mostra-esconde da saia e das leves transparências. Agora, cá entre nós, pode até ser um Nicholas Kirkwood, mas que sandália mais feia, nossa!
 Um look bem básico. Extremamente básico. Na verdade o que me chamou atenção foi a lavagem da calça - esse cinza tem uma levíssima cara de destroyed - #euquero! Mas o motivo dele estar aqui é o modo que a atriz usou paetê de dia sem ficar over. Junto do combo skinny+motorcycle boots, a blusa era uma mistura de violeta com preto em paetê. A cor forte quebrou o brilho e deixou mais usável. Só que claro, um colar ai nem pensar!
Esse vestido me lembrou o segundo - vai dizer que não tem uma semelhança. O nude claríssimo, todo feminino, clássico, texturizado e rendado é uma doçura que só! Só que ao invés de um simples Louboutin preto, Hailee completou com acessórios vermelhos: um toque de cor! A clutch também tinha uma leve textura. Achei fofo!
Não podia ser mais anos 50 - na verdade podia, mas deixa quieto. Preto e branco, o modelo era bem comportado, a parte de cima um poá com fundo branco, tecido fino preto e as bolinhas em branco. A saia toda em babados preto e branco tem essa textura furadinha que tá mega em alta.
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

27 de out de 2011

Mega Promoção de Natal

Você sabe que época do ano estamos? Final de outubro, certo? Falta dois meses para o Natal (Mãe, quero um iPhone!) e vamos começar as comemorações com antecedência por aqui. E o que vocês acham de uma mega promoção de Natal? O que quero dizer com mega?
Os Prêmios:
Kit 1
A linguagem das Flores + Como se livrar de um Vampiro apaixonado? (Resenha) + Água para Elefantes (Resenha)
Kit 2
A Garota do Espelho de Prata (Resenha) + Alcatéia Prateada + O Portal + My invented life (hard cover - direto da Inglaterra)
Kit 3
Círculo Secreto - A iniciação + Cidade de Vidro + Paixão (Resenha)
Kit 4
Drácula veste Dior + Hoje eu sou Alice + Patchwork + Poker Face
Kit 5
Beijada por um anjo (Resenha) + A força do amor (Resenha) + Almas Gêmeas (Resenha) + Destinos Cruzados (Resenha)
Kit 6
Vidas Secretas + Laços de Sangue
Kit 7
Cante para eu dormir (Resenha) + Como fui esquecer você (Resenha)
Kit 8
Nascida à Meia-Noite
Regras:

  1. Ser seguidor público do blog;
  2. Comentar nesse post validando a participação;
  3. Ter endereço de entrega no Brasil;
  4. Preencher corretamente o formulário clicando aqui.
Chances Extras:  
Preencher o formulário novamente a cada condição atendida.



Jingle bells! O Natal chegou e quero comemorar essa data com um dos 8 kits que a @GirliePoderosa está sorteando. http://bit.ly/uvDk1O
Vai dizer que não tá maravilhosa a promoção?! Além de que se um dos kits que você mais quer tem um livro que você já tem, poupa dinheiro do presente da melhor amiga, prima, vizinha ou sei lá mais quem você vai presentear esse Natal... 
A promoção vai até dia 25/12 e o resultado sai dia 26. Boa sorte!

UPDATE! 
Acho que não ficou explicado, mas cada pessoa pode ganhar só um kit, senão fica chato um monte de gente participa e tem gente que leva mais de um premio.

UPDATE 2!
Faltando um mês para o final da promoção, tem nova chance extra aqui!

Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

26 de out de 2011

Sob a Luz da Lua

Sob a Luz da Lua por Andrea Cremer - Nightshade #1

Enquanto outras meninas adolescentes sonham com os meninos, Calla Tor se imagina arrancando a garganta de seus inimigos. E ela não teria como pensar outra maneira. Calla nasceu uma guerreira e em seu aniversário de dezoito anos, ela vai se tornar a fêmea alfa da próxima geração de lobos Guardiões. Mas o caminho de Calla está predestinado a sair de seu curso no momento em que salva a vida de um andarilho rebelde, um menino de sua idade. Este menino humano cheio de segredos vai virar o mundo embalado dos jovens de cabeça para baixo e vai alterar para sempre o resultado da Guerra dos Bruxos de séculos que envolve a todos.

Editora: Galera Record
ISBN: 9788501090478
Páginas: 468
Comprar

Fiquei bem curiosa com Sob a Luz da Lua, um livro sobre lobisomens. Não gosto desses seres (com exceção do Derek), mas a capa era tão bonita, a sinopse tão interessante. Resolvi dar uma chance, afinal Becca Fitzpatrick definiu o livro como "Sexy e arrebatador" e olha que como criadora do Patch ela entende bastante do assunto. E acertou.

Calla sabe de seu destino desde que tinha 5 anos. Como loba (ops, Guardiã) alfa da matilha Nightshade, quando fizesse 18 anos casaria com Ren, o Guardião alfa da matilha Bane e, juntos, criariam uma nova alcateia com a nova geração de lobos que protegeria a misteriosa caverna de Haldis. Ela aceitou isso. Como alfa, seu papel era proteger os outros Guardiões e os Defensores, não tomar decisões próprias.

Só que então ela conhece Shay, um humano que quase foi morto por um urso. Calla não quer deixa-lo morrer, não quer vê-lo morrer, não pode fazer isso. Então ela salva a vida dele, mesmo sabendo que isso é completamente e irrevogavelmente ilegal. Logo Shay se torna um novo colega de aula de Calla, ignorante quanto a verdade sobre os lobos do lugar, mas mesmo assim protegido pelos Defensores, despertando a curiosidade de todos - inclusive a de Calla.

Não tenho palavras para defini-lo melhor que o The Los Angeles Times: "Um incrivel mash-up de guerreiros religiosos e caçadores feiticeiros, de femininismo e opressão social... Moderno, pop e, ainda assim, altamente recomendado para românticas inveteradas.". O livro é maravilhoso - era como se tivesse lendo um mix de Destino, Crepúsculo, Cidade dos Ossos, cheio de toques originais.

Considerando que eu não tenho tempo nem mais para respirar, foi uma surpresa ter conseguido ler o livro tão rápido, já que ele é enorme. O motivo? Os personagens! Calla é uma ótima protagonista: forte, durona e mesmo assim tem fragilidade. Além de que ela sabe se defender e não fica se lamentando por viver num lugar onde é completamente submissa a escolhas de outros. Eu adorei ela!

Andrea também criou personagens homens totalmente apaixonantes. Todos! Ren, Shay e até Ansel, o irmão mais novo de Calla. Fiquei tão indecisa quanto a protagonista (mentira! Eu fiquei bem mais que ela. Mesmo que goste de Ren, dá pra sentir a preferencia dela por Shay). Eu definia Ren como o adulto e Shay como o inocente - como se um completasse o outro. Não teve como escolher. Lia uma parte com um e ficava pensando como alguém poderia não escolhê-lo, mas ai aparecia o outro e vinha o mesmo pensamento. Me irritei com isso, mesmo estando com um sorriso bobo o tempo todo.

Eu amei! Marcado como favorito, o final deixa uma forte abertura para o próximo livro, mas não cheio de perguntas a la Lauren Kate. Até to gostando mais de lobisomens (ok, Guardiões. Calla não arranque minha mão!!)... Mega recomendo!
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

25 de out de 2011

Desafio de Blogueiras Bebecê

Quem me segue no Twitter (Follow: @GirliePoderosa) já ficou sabendo que estou participando do Desafio de Blogueiras Bebecê. Recebi uma sandália e precisava montar um look do dia com o mesmo. A votação dos looks começou hoje e vai até a manhã de quinta-feira, 27.
Quem votar e compartilhar no Twitter ainda concorre a pares de sapato - vai ficar de fora?
Para votar clique aqui ou em algum dos banner espalhados pelo blog!
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

24 de out de 2011

Beijada por um anjo 4: Destinos Cruzados

Destinos Cruzados por Elizabeth Chandler - Beijada por um anjo #4

- Spoiller alert!
Um ano se passou desde que o namorado de Ivy, Tristan, morreu. De lá para cá, ambos seguiram em frente – Tristan para o outro lado da vida e Ivy para o doce e adorável Will. Agora, ela espera somente esquecer o horror do passado, deitar-se na praia com um copo de limonada e sair com seus amigos. Mas então, um acidente de carro põe fim à vida de Ivy. Enquanto ela flutua no além, se deparando com a vida que ela deixou para traz, Tristan a faz retornar a vida com um beijo apaixonado. Ivy acorda no hospital, cercada por Will e sua família, mas tudo o que ela consegue pensar é no amor que perdeu. Mas não são apenas as lembranças de Ivy que voltaram do passado. E dessa vez ela não tem certeza de que o amor possa salvá-la.


Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788563219558
Páginas: 286
Comprar
Livros anteriores: Beijada por um anjo, A força do amor, Almas Gêmeas


Eu já tinha falado que de inicio seriam somente três livros, mas como a autora estava inspirada escreveu outro. Destinos Cruzados supostamente desafiaria o final de Almas Gêmeas e daria outra solução para a trilogia que não pode ser mais chamada de trilogia. Essa minha teoria tem uma falha. Destinos Cruzados não é o final - é o início de uma história que promete ser bem mais emocionante!

Faz um ano de Tristan morreu e Ivy ainda não superou. Claro que agora ela namora o lindo e fofo Will, que esteve do lado dela o tempo todo. E agora Ivy não precisa fugir da morte o tempo todo já que Gregory morreu em outra tentativa frustrada de matá-la no trilho de trem (#faroestefeelings!). Mas o destino coloca outro acidente na vida de Ivy e dessa vez ela não teve tanta sorte. Só que Tristan a "abençoa" com um Beijo da Vida e, tcharam, ela ressuscitou.

E com mais uma experiencia de quase morte no currículo, Ivy conhece João ou seja-lá-qual-seu-nome. O lindo garoto de olhos tão azuis quanto os de Tristan perdeu a memória e ganhou a amizade de Ivy - despertando a desconfiança de Will e Beth. João e Ivy vão ficando cada vez mais próximos e ela vai vendo mais semelhanças entre o Garoto Mistério e o antigo namorado. Comentei que a alma de Gregory está clamando por vingança?

Destinos Cruzados é melhor que todos os outros livros da saga. Tem mais emoção, mais mistério, mais personagens, mais abertura para suposições e, felizmente, mais romances. Eu gostei dele não terminar a história, só criar um novo núcleo mais interessante.

Ivy e Will não convencem como casal - em momento algum. Para começo de conversa não gostei deles terem ficados juntos no final de Almas Gêmeas (achei o "Eu te amo" bastante forçado) tanto que eu tinha esperanças que o Tristan revivesse. Eles são bonitinhos juntos - mas não são aquele casal fofinho que você torce pelo "Felizes para sempre".

Um personagem que me cativou foi João-Sem-Nome (pq ele não sabe qual o nome dele). O tempo todo ficou aquela curiosidade se ele era bom ou mal, a reencarnação de Tristan, Gregory ou somente outra pessoa. Eu achei ele tão apaixonante que podia jurar que ele era o Tristan, esquecendo que em um momento durante a trilogia, me apaixonei pelo Gregory. Você escolhe no que acreditar - ou faça como eu e fique sempre com o pé atrás - embora minha mais recente teoria pareça estar correta.

Ivy continua chata e fraca como protagonista - não rende nem surpreende. Nunca fui muito fã da Beth e não gostei da grande participação dela na história. Suzzane, que eu  nunca gostei, tá sumida - só me lembrei dela quando vi que tava faltando alguém na minha lista negra. Os meus favoritos, Philip e Lacey, quase não apareceram e senti falta, confesso.

Ótimo. A continuidade da série tá prometendo muito se seguir nesse ritmo. Acho que quem não gostou dos livros anteriores tem que ler só pra chegar em Destinos Cruzados. HIHIHI, tem surpresinha (na verdade é surpresão, mas deixa quieto).
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

23 de out de 2011

Essa Semana #4

Meme semanal hospedado pelo Lost in Chick Lit, onde compartilhamos pequenas informações sobre a nossa semana literária. Tendo como principal objetivo encorajar a interação entre os blogs literários brasileiros, fazer amizades e conhecer um pouquinho mais sobre outras pessoas apaixonada por literatura.

Vem comigo na minha semana literária...


♥ Leitura do momento:
Que vergonha! Ainda to lendo Beijada por um anjo 4 - Destinos Cruzados - Elizabeth Chandler

♥ Li essa semana:
Os livros de química, português e biologia contam?

 Resenhei essa semana:

♥ Super Posts:
Semana de Moda Londres - Verão 2012 - Parte 1
Semana de Moda Londres - Verão 2012 - Parte 2


 Ultima Compra: 
Uma saia azul e branca *--*


 Desejo Comprar Urgentemente:
Continua o box da segunda temporada de Glee e The Vampire Diaries e o da quarta temporada de Gossip Girl. Ah, e Além da Vida da Claudia Gray.


Conversa imaginária com personagem fictício:
"Eu sei que você sabe quem você é, João!"

Eu falaria para o autor:  
"Elizabeth, sempre quis saber por que matou o Tristan?"


 Estado de Espirito Literário:

Desanimada.

Literary Crush 
João

♥ Feito da Semana: 
Realizei um sonho de infância, escolhi o curso da faculdade e fiz o ENEM - justificada as poucas leituras, né?


♥Queria ver no Brasil:
Prom &Prejudice - Elizabeth Eulberg

Silence - Becca Fitzpatrick
Lola and boy next door - Stephanie Perkins
Clockwork Angel - Cassandra Clare

♥ Im in mood for... (gênero literário do momento):

YA

Hey Mr, Postman (ultima coisinha que chegou do correio):
Sob a luz da Lua e um misterioso Asas que não faço a menos ideia de quem me mandou - se foi vc, me avise!


Super Quote:

" - Acho que a maioria de nós é esnobe, de um jeito ou de outro. Simplesmente não enxergamos nossos próprios preconceitos."
Destinos Cruzados - Elizabeth Chandler - Página 114
 Vi e viciei (booktrailers, trailers, videos whatever):
Pretty Little Liars 2x13 The First Secret

21 de out de 2011

Looks: VMB 2011

Mais um Red Carpet nacional, cheio de celebridades que a gente tanto conhece usando grifes que fazem mais parte do nosso dia-a-dia do que os Oscar de la Renta que estamos acostumadas de ver em Hollywood. Claro que Oscar de la Renta é muito mais phynesse que os vestidos bandage da Valesca e cia que, sinceramente, dão uma vergonha alheia... De qualquer modo, alguns Reinaldo Lourenço e Lethicia salvam o dia, ou melhor, a noite!
Didi Wagner
Amei o vestido de paetês! Com um estamparia geométrica, textura levemente escamada e cortes assimétricos, o vestido que misturava preto e prata foi o melhor da noite. O decote, ou a falta dele no caso, equilibrou com o comprimento mini e junto da meia calça preta opaca não deixou nada vulgar - talvez um pouco mais de pele não caísse mal.
Mariana Rios
Indiscutível: Mari Rios é a it girl brasileira! Num Lethicia todo em renda preta a barra acompanhava as texturas do vestido. A barriga de fora foi um elemento fashionista no look da atriz que arrasou na bolsa Chanel. Só podia ter pegado outro sapato sem o solado de madeira, né fofys? Não combinou não...
Carol Trentini
Mega feminino e delicado, o vestido da top era de um tom de rosa bem clarinho, quase nude. A textura deu um efeito brilhante incrível! Por ser bem curto, ela optou por usar manga longa e gola alta. O laço na cintura deu mais um toque girlie e o sapato vermelho, além do loosho, deu uma ousada e modernizada.
Titi Muller
Eu olhei para esse vestido e senti a pegada andrógena bem sutil. Em nude e laranja, o grande detalhe do modelo são as linhas: cortes e recortes, camadas e babados... Eu adorei o vestido, mas vai dizer que ele não tem um jeitinho de mal acabado? #BandidaFellings De qualquer modo, tava bem mais elegante que a colega de trabalho, Mari Moon, que tentou fazer um cover de Nicki Minaj.
Carol Trentini... again
Um outro modelo que ela usou foi um Reinaldo Lourenço longo branco metalizado com rosa nude... Bem delicado. O corpete era um pouco justo e saia reta. O detalhe eram as texturas da saia e as costas nuas - para dar uma ousadia. Só que o cabelo tava tão sem graça...
Céu
Segundo minha pesquisa, Céu é uma cantora - nunca tinha ouvido falar na mulher, mas até que o vestido tava bonitinho. Bem solto e fluído, o tom forte sob o tom mais fraco deu uma modernizada no look. Agora o sapatinho tava péssimo, né...
Pitty
High Low não é necessariamente uma peça cara junto de outra barata: também é qualquer contraste forte num look. No caso da Pitty, a mistura do vestido em variações de cinza com babados e renda era a delicadeza quebrada pela jaqueta de couro. O batom vermelho abriu o look. Ficou legal!
Lea T
Elegante, a modelo usou um modelo nude fluido. Tirando os tecidos que davam movimento e o mega broche no ombro, o vestido é bem simples. Esse corte solto do busto e justo na cintura já tá passado, convenhamos.
Ellen Jabour
Vermelho e mix de texturas. Enquanto a parte de cima era toda em paetês que deram um efeito molhado, a saia era em couro - meio amassado. Lindo e ousado, só que a quantidade extra de tecido na cintura deu um up pros lados e uns quilinhos a mais que todo mundo sabe que ela não tem.
Carol Ribeiro
Simples mas elegante. Longos pretos são coringas. O modelo que a Carol escolheu era bem fluido, somente com a faixa dourada marcando a silhueta e a gola que, junto das pulseiras, deu uma pegada bem Cleópatra.
#Fail da Noite: Claudia Leitte
Já disse e volto a repetir: grife cara não significa bom gosto. Outro exemplo: Claudinha Leitte de Louis Vuitton. O modelo azul com animal print tinha muito tecido balonê (last season!) e uma fenda enorme. Ficou péssimo!
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

19 de out de 2011

Semana de Moda Londres - Verão 2012 - Parte 2

Matthew Williansom
Vestidos vazados, com intrincados bordados totalmente feitos à mão e adornados com penas de avestruz remetiam a cultura oriental, a grande inspiração do estilista para essa coleção. A estamparia estava mais tie-dye, menos gráfica - e bem mais contida que o usual. Laranja e azulão são as chaves da tabela de cores, mas alguns tons de coral, mostarda e azul claro estão ali também.
Mulberry
O melhor! Como disse Kate Moss: "Lovely". Peças etéreas, leves, um pouco transparentes, trabalhadas em pedrarias compõem a coleção de Emma Hill que usou como inspired o verão inglês, mas deixou com um jeitinho de anos 70 - so sweet! Mas o grande destaque foram as it bags - todo mundo louco para saber o que vem depois das Alexa Bags!
Issa
A estilista brasileira Daniela Helayel fez bonito na passarela. Inspirada no Rio de Janeiro, as passarelas britânicas foram tomadas por um frescor bem característico verão carioca. Um tropicalismo forte e vibrante, estampas de frutas, folhas e até do Cristo Redentor. Tecidos fluidos, rendas, decotes acentuados e franjas fazem parte da coleção da grife que tá em uma de suas melhores fases. #todasagradeceaKateMiddleton
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

18 de out de 2011

Semana de Moda Londres - Verão 2012 - Parte 1

Das que decidi cobrir, a Semana de Moda de Londres é a última. Depois de passar por Milão, Paris e Nova York, a última parada foi a terra da Rainha, surpreendentemente, a terra onde a moda é mais irreverente. Na Inglaterra, suas roupas mais bapho são comuns, seus acessórios mais ousados são básicos. London? Attitude and personality!
Burberry
Segundo Christopher Bailey o desfile seria uma homenagem a tudo que é natural e artesanal e logo de inicio já era possível perceber o trabalho manual principalmente nos acessórios. Bolsas, plataforma e chapeis eram trançados, alguns elementos em madeira (especialmente nos saltos), tressês de rafia, bordados em contas... A cartela de cores tinha uma inspiração africana e as estampas eram fortemente tribais - mas é claro que a estampa Burberry tava lá! A silhueta continua ajustada ao corpo, só criando volume com saias e vestidos usados em estilo sarongue. Sienna Miller e Rosie Huntington-Whiteley marcaram presença na fila A - mas onde está Emma Watson?
Christopher Kane
Flores! Primeiramente elas eram discretas, pequenas em tons pastéis, mas no decorrer do desfile ganharam cores fortes e tamanhos maiores. A década de 1960 estava presente mas não obviamente. Modelagem ampla em evasê, dobras parecidas com origami, recortes espertos e alguns bordados numa coleção que mistura organza com jeans e tricot. Tons metálicos e pasteis numa coleção que misturava o clássico com um leve sportwear. Agora, por favor, o que seriam essas sandálias? #passalonge
Marios Schwab
Claro e escuro: contrastes numa coleção ousada que exalava sensualidade - mas sem apelar para nudez em plena passarela a la Neon. Preto e nude dominaram, somente com alguns pontos em vermelho e verde. Alguns recortes vazados e transparência deram os detalhes provocativos - além da ilusão de ótica sem saber se tinha algo cobrindo as modelos. 
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

17 de out de 2011

Beijada por um anjo 3: Almas Gemeas

Almas Gêmeas por Elizabeth Chandler (Beijada por um anjo #4)

Spoiller dos livros anteriores!
Logo no início coisas muito terríveis acontecem com Ella (a gatinha de estimação de Ivy). O assassino de Tristan começa perseguir Ivy, que só assim volta a acreditar em anjos e passa a colaborar com ele para que possa salvar sua vida e ao mesmo tempo proteger também seu irmão. Em meio à vários acontecimentos ruins, Tristan se depara com um problema: se salvar Ivy isso significa que sua missão na terra está terminado?


Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788563219190
Páginas: 256
Comprar
Livros anteriores: Beijada por um anjo, A Força do Amor


 A saga Beijada por um anjo tem o dom de fluir e ser fácil de ler. Quando você vê o livro já acabou. Mas também é ótima para esquecer. Nunca vi igual! Sempre que retomo com o próximo volume da série tenho que reler o ultimo capitulo do anterior pra relembrar a história. E não é falta de atenção - é esquecimento mesmo. E A Força do Amor acabou de modo bastante chocante - o mesmo ponto que Almas Gêmeas começa.


Desde que Tristan morreu, Ivy deixou de acreditar em anjos. Isso até sofrer várias experiencias de quase morte comandadas por ninguém menos que o apaixonante irmão postiço, Gregory, o mesmo que ela vem beijando escondida. Ivy é tratada como louca: a garota que tentou se suicidar na trilha do trem porque não conseguiu superar a morte do namorado.


É quando sua fé em anjos volta que a abertura para comunicação com Tristan e sua fiel escudeira Lacey começa. De repente a luz dourada de Tristan fica visível para Ivy, além de agora poderem conversar. Mas ao mesmo tempo Gregory se torna mais e mais obcecado em matar Ivy - cruzando por cima de qualquer um que entrar no caminho, incluindo seu melhor amigo Erik.


Melhor que o primeiro livro, pouco pior que o segundo. O livro tem bastante ação, pouco romance (independente do título pra lá de piegas), mas fica bem confuso. Anjos e humanos e assassinos e gatos... Muitos elementos importantes para um só núcleo.


Um medo que eu tinha desde a morte do Tristan era que Ivy se transformasse em uma Bella em Lua Nova. Uma das coisas mais insuportáveis que existe são personagens choronas que ficam 24 hrs se lamentando. Não chegou ao caso, mas mesmo assim Ivy não era nenhuma personalidade forte e cativante. A melhor parte do livro foi quando ela chamou Tristan de idiota. Ok, foi na empolgação do momento, mas pelo menos mostrou uma reação não passiva.

Meus personagens preferidos foram uma decepção atrás da outra. Lacey (que me lembra a Nanda de A Vida da Gente - ou lembrava, pelo menos) era mega irônica e engraçada. Nesse livro ela tá um tédio - já foi bem mais legal. Isso só reforça minha teoria que personagens apaixonados perdem toda irreverencia e diversão. Gregory que era minha "literary crush" em Beijada por um anjo 2 se tornou um super vilão de primeira: mega psicótico. #COMOFAZ se o personagem mais interessante fica obcecado em matar as pessoas?

Como a ideia inicial era uma trilogia, Almas Gêmeas dá um final para a história. Como a autora queria uns zeros a mais na conta bancária escreveu Destinos Cruzados, mas o problema principal foi resolvido nesse. Gostei - teria resolvido as coisas de um jeito mais emocionante, mas tá...
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

16 de out de 2011

Essa Semana #3

Meme semanal hospedado pelo Lost in Chick Lit, onde compartilhamos pequenas informações sobre a nossa semana literária. Tendo como principal objetivo encorajar a interação entre os blogs literários brasileiros, fazer amizades e conhecer um pouquinho mais sobre outras pessoas apaixonada por literatura.

Vem comigo na minha semana literária...


♥ Leitura do momento:
Beijada por um anjo 4 - Destinos Cruzados - Elizabeth Chandler

♥ Li essa semana:
Antes que eu vá - Lauren Oliver
Beijada por um anjo 3 - Almas Gemeas - Elizabeth Chandler

 Resenhei essa semana:

♥ Super Posts:
Semana de Moda Nova York - Verão 2012 - Parte 1
Semana de Moda Nova York - Verão 2012 - Parte 2
Semana de Moda Nova York - Verão 2012 - Parte 3

 Ultima Compra: 
Sabe que eu não lembro...


 Desejo Comprar Urgentemente:
Continua o box da segunda temporada de Glee e The Vampire Diaries e o da quarta temporada de Gossip Girl. Ah, e Além da Vida da Claudia Gray.


Conversa imaginária com personagem fictício:
"Gregory, me explica como faz se gostar do super vilão?"

Eu falaria para o autor:  
"Lauren Oliver, você tem coração?"


 Estado de Espirito Literário:

Animada.

Literary Crush 
Durante a semana foi Kent (Antes que eu vá) e Gregory (Beijada por um anjo), mas ambos já foram superados!

♥ Feito da Semana: 
É surpresinha *-*


♥Queria ver no Brasil:
Prom &Prejudice - Elizabeth Eulberg

Silence - Becca Fitzpatrick
Lola and boy next door - Stephanie Perkins
Clockwork Angel - Cassandra Clare

♥ Im in mood for... (gênero literário do momento):
YA



Hey Mr, Postman (ultima coisinha que chegou do correio):
Mini Becky Bloom, Uma Noite no Chateau Marmont e Mundo das Sombras! (amei o final da greve dos correios s2s2)


Super Quote:

"Durante anos esse foi o assunto da casa: Sam só quer ficar sozinha. Quer jantar? Vou levar para o meu quarto. Para onde você vai? Só quero ficar sozinha. Posso entrar? Me deixe sozinha. Saia do meu quarto. Não fale comigo quando estou ao telefone. Não fale comigo quando estou ouvindo música. Sozinha, sozinha, sozinha. Mas as coisas mudam depois que você morre - acho que morrer é a coisa mais solitária que se pode fazer."
Antes que eu vá - Lauren Oliver - Página 210/211
 Vi e viciei (booktrailers, trailers, videos whatever):
Bulletproof - The Glee Project
E como foi a sua semana?
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa