6 de out de 2011

L.A.Candy

L.A.Candy por Lauren Conrad (L.A.Candy #1)

Um produtor de TV contrata Jane e Scarlett, melhores amigas recém-saídas da escola, para gravar um reality show sobre quatro jovens tentando ganhar a vida em Los Angeles. Scarlett estranha tanta atenção, mas Jane adora ter um bom apartamento e entradas VIP para boates. Até que um desentendimento entre as meninas pode ameaçar tanto sua amizade quanto o futuro do programa.

Editora: Galera Record
ISBN: 9788501094070
Páginas: 316
Comprar
Bonus: Aprenda com Lauren Conrad; Lição de Estilo #19: Lauren Conrad

Quando o escritor é famoso fora da literatura, sempre rola aquela duvida de como é sua narrativa, seu poder de criar, domesticar e usar uma nova personalidade que não escrita por um roteirista. Pelo que me falaram, Hilary Duff foi uma decepção. Já Lauren Conrad criou uma personagem que mts dizem ser ela no inicio de carreira, vivendo em um mundo que ela conhece muito bem. Fórmula do sucesso? Provavelmente.

Jane e Scarlett são melhores amigas, garotas comuns que se mudaram para Los Angeles por um motivo não muito encontrado por lá: estudar e trabalhar num lugar diferente do show business. E é essa diferença de objetivos junto do corpo sem plástica e dos cabelos sem tinta que chama atenção de Trevor, um famoso produtor de Reality Show que está em busca de garotas para estrelarem seu novo programa, L.A.Candy, um Sex And The City real e livre para todos os públicos.

Junto de Madison, uma rica mimada, e Gaby, uma adorável burrinha, elas vão estrelar o reality e ter suas vidas viradas ao avesso. De repente todos querem falar e sair com elas (desde que uma câmera esteja ligada e o microfone gravando tudo!), celebridades esnobes viram fãs de suas fãs, um mundo que é fácil se acostumar. E mais fácil ainda se perder.

De inicio achei estranho que na orelha do livro (peguei o hábito de ler, YAEH!) Jane era tratada como protagonista e tanto ela quanto Scarlett dividem o papel principal, a visão pelo narrador onisciente. Mas depois da metade do livro, fica visível que Jane se tornou a estrela de L.A.Candy. Eu já estava até tomando as dores da Scar...

Jane é a tipica garotinha inocente. Eu gostei dela, mas essa ingenuidade acabava me irritando. Famosa ou não, ela abria o coração pra qualquer pessoa que se mostrasse mais simpática. Já Scar se tornou minha preferida: ela é inteligente, sarcástica, divertida e ousada - uma personalidade forte que prende o leitor. Gaby e Madison quase não aparecem, mas quando dão o ar de sua graça, normalmente me irritam. Madison é muuuuuito chata!

Lauren Conrad escreve bem - em alguns momentos me peguei pensando que além de ser uma personalidade da mídia e manter seu posto de it girl, ainda consegue tempo de se tornar escritora best seller do New York Times. Mesmo que ela não fosse famosa, eu leria L.A.Candy: a sinopse é interessante e curiosa - vai dizer que vc não tem interesse em conhecer os bastidores de um mundo direto de alguem que vive lá dentro? É VIP, meu bem!

O final me incomodou. A abertura pro próximo livro da trilogia, Sweet Little Lies, é muito grande e óbvia. Falta aquela sutileza onde você pensa o que poderia ter acontecido e cria vários finais. Faltou isso. Mas a vontade de ler o próximo livro virou necessidade já que as coisas se bagunçam completamente na ultima pagina ao inves da esperada solução e happy end.

Leve, divertido, bem humorado, L.A.Candy é um ótimo chick lit voltado mais pro público jovem-adulto. Lauren Conrad fez sua estreia nesse universo das páginas em grande estilo e bom gosto (e não to falando só dos vestidos grifados e lindos das noites de autógrafos). Recomendo!
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

Um comentário:

  1. Lauren é Lauren esse livro é comentadíssimo. fico me coçando pra não comprá-lo e com essa resenha... não tem como não ficar maluca.
    parabéns
    beijos
    bom sábado.

    http://thislovebug.net/macchiato

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!