6 de jul de 2011

A Garota do Espelho de Prata

A Garota do Espelho de Prata por Laura M. Castro


Anne é uma jovem de apenas 16 anos com enormes problemas: primeiro o seu país está mergulhado em uma guerra civil entre o governo ditatorial de Nicolau Cortéz, o suposto Novo Regime, e os rebeldes Kingdom Fighters, que lutam pela volta da realeza à Ciwan. Segundo, por ter o Dom da magia. Anne terá que se esconder do ditador se não quiser ser recrutada. E, terceiro, ela não tem a menor ideia de quem é; já que acordou sozinha na floresta, com um enorme corte na testa e sem recordar sequer o próprio nome. Ao lado do melhor amigo, de uma jovem Médium e dos Litlle Kingdom Fighters, Anne terá que encarar a realidade da guerra, aprendendo a lidar com suas próprias perdas e seus próprios demônios, enquanto o intricado mistério que envolve a Garota do Espelho e sua antiga e desconhecida vida se desenrola.


Editora: Novo Século
ISBN: 9788576794592
Páginas: 259
Comprar

Fazendo uma análise geral, eu li mts livros nacionais esse ano. Sério, se for comparar com o ano passado, o número cresceu em 98%, mas entre todos esses livros, nenhum chegou aos pés de Estrela Píer, da Kamila Denlescki. Isso até eu ler A Garota do Espelho de Prata, da Laura M. Castro. Posso ser sincera? Eu, em momento algum antes de abrir o livro, imaginei que ia gostar tanto da história.

Anne é uma Mediana, tipo de feiticeira que une dança e magia para feitiços de ataque e proteção. Ela tem 16 anos e mora sozinha, trabalha para se sustentar e tenta camuflar a qualquer custo seu poder, para não ser pega pelo ditador Nicolau Cortéz que deixou seu país, Ciwan, em uma grande Guerra Civil.

Só que Anne não sabe nada sobre si. Não sabe se nome é Anne. Não sabe onde nasceu, quando, quantos anos tem, quem são seus pais, se estão vivos... Nada. Desde a Grande Migração, quando várias pessoas fugiram de Ciwan para se salvar do Novo Regime, a memória da garota foi apagada, e não tem ninguém que saiba de seu passado.

Isso até encontrar Sophie, uma Kmise (uma alma - ou parte dela - presa em um objeto físico #HorcruxesFeelings) no Espelho da mansão ao lado de onde morava. A garota do espelho de prata é a chave para descobrir o que aconteceu com Anne, que em troca, vai descobrir como a garotinha de 10 anos morreu.

A história me cativou de um jeito que nunca esperei. No inicio, achei a narrativa legal e fui lendo, movida a curiosidade de saber mais sobre a relação de amor e ódio de Anne e seu melhor amigo, Cris, que vivia a importunando com incansáveis "eu te amo". Mas quando a história começa a pegar ritmo, em meio aos mistérios de Anne e ao passado de Sophie, fica impossível largar e você se sente em meio de uma Guerra Civil, poderes sobrenaturais e lembranças. Muitas lembranças.

Ao longo do livro vamos conhecendo o passado de Sophie. Tratada como escrava pela mãe, uma mulher amargurada que odiava a filha por ter nascido em Ciwan e não na cidade onde o resto da família nasceu. Veja bem, a mãe de Sophie é daquelas religiosas fanáticas e qualquer pessoa que não nascesse em Cénon era considerada lixo, assim digamos. A garotinha era ignorada pelo pai e humilhada pela irmã. O único familiar que a amava era Ben, seu irmão que havia sido expulso de casa por ter começado a namorar uma estrangeira. Entre momentos felizes ao lado do irmão e momentos ignorada pela família, Sophie cresceu num passado que não gosta de relembrar, mas que parece ser a resposta para descobrir o motivo da sua morte que a aprisionou no espelho.

Aos poucos o livro vai ganhando uma visão mais dramática. A magia, ponto que eu achei que seria essencial na história, foi pouco aprofundada. Eu achei que sentiria alguns pontos mais Harry Potter e alguns detalhes realmente são uma lembrança á série. A cicatriz que Anne ganhou assim que acordou sem memória, achei que fosse um ponto importante na narrativa, mas é ignorado. Do mesmo modo que Kmise são como Horcruxes diferentes, mas a história saiu longe da conhecida da J.K.Rowling.

O livro tem bastante referências musicais. Always do Frank Sinatra, Girl in the Mirror da Britney Spears, e até New York também do Frank (#interna) são pontos chaves de momentos mágicos no livro. Embora música seja algo pouco relacionado à magia, em AGEP fica essencial e se encaixa perfeitamente.

A Garota do Espelho de Prata é um livro maravilhoso, 5 estrelas, marcado como favorito, mas não é perfeito. AGEP não é uma série, então consequentemente o final deveria ser mais arquitetado e não deixar com aquela sensação de que faltou alguma coisa. Os fatos começam a acontecer rápido demais, e quando você viu a ultima página chegou ao fim. Sim, você deduz o que acontece com os personagens. Mas se tivesse mais um capítulo, ou que fosse mais algumas páginas, o Epílogo se tornasse um capítulo e criasse um extra da história... Não sei, só acho que a história ficou mal finalizada. Seu desenvolvimento compensa.

O livro é muito bom. Fiquei engasgada em algumas partes e, quando terminei encarei meu espelho á espera de alguma pessoa tentando se comunicar (claro que se isso acontecesse eu ia sair gritando desesperada, mas enfim). Você tem que ler! Como já disse, é um lançamento nacional tão bom quanto Estrela Píer (que é um dos meus queridinhos). Posso fazer um parêntese: Laura tem somente 17/18 anos e escreveu AGEP aos 14. Bora publicar um livro, né Joana?! Quem compra?
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

7 comentários:

  1. Vou ver se leio.

    http://ellemoderne.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Já está na minha lista de desejados faz uns dias, a resenha só aumentou minha vontade de ler !
    beijos ;*

    ResponderExcluir
  3. Gostei bastante da história! Faz tempo que não pego um livro, que não seja série, pra ler. Parece que de uns tempos pra cá não compensa mais fazer livros únicos.. Não dá dinheiro.

    A história é bem intrigante né?! Todo esse clima de mistério, drama, envolvendo magia e guerra. Deu vontade de ler, mas não vou falar de novo que não tenho dinheiro pra comprar. :b

    E quanto a escrever um livro, acho que todos em essa vontade viu?! Eu mesma, tenho essa vontade há um bom tempo.. Mas vamos ver o que o destino nos reserva né?! Se você escrever um é bem capaz que eu compre. hdsuadhua'

    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. ola!!
    Amo estas literaturas fantásticas com mistérios, me lembra muito stranger angels, com a Anne que não sabe da onde vem,porque veio,quando veio e para onde vai!!!rsrsrsr!!! Mas enfim o mistério parece que te prende até as últimas páginas o que o torna ainda mais interessante.
    Eu sempre quis ler este tema: magia nos livros, mas nunca tive a oportunidade, a Anne parece ser uma bruxa, maga, feiticeira, enfim é bom sempre quebrar um pouco esta rotina de vampiros, lobsomens, anjos(que gosto muito!!rsrsrs).Uma cicatriz é sempre bem vinda para desvendar um mistério e deixar a história mais recheada, salvo Harry Potter, e acho também que ela deveria ter explorado mais do que ignorado o fato.A capa é linda e o livro tem todos os elementos para um sucesso!!!Também to lendo masi literatura brasileira, nossos autores teem melhorado vada vez mais!!
    Joana escreva sim seu livro, pode ter certeza que eu irei ler!!
    Bjos!!
    http://palavrasproliferas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Nossa você elogiou tanto esse livro que agora eu quero ler ele também. Parece ser bem interessante a história, ótima resenha.
    Bjsss
    www.frozenlivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. OK!
    Você me convenceu a ler esse livro, quero muuito ;)
    Parabéns pela ótima resenha :)

    Visite e não deixe de comentar no .. http://migre.me/56Zw3

    Beijos e Boa Leitura!!
    Marina Barcelos
    contato: marysbarcelos@hotmail.com
    Blog: http://www.livrospelacasa.blogspot.com
    Facebook: http://www.facebook.com/profile.php?id=100000120207580
    Skoob: http://www.skoob.com.br/usuario/173535
    twitter: @mary_gattuso

    ResponderExcluir
  7. Está na minha lista de desejos faz tempoooo!!
    rsrs Adorei a sua resenha e só me fez ficar mais curiosa sobre ele.

    Beijos
    Ann G. .:. anngominho.blogspot.com

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!