6 de jun de 2011

Dia 5: Fashion Rio

O Lady Like da Andrea Marques
Ou sou super fã do Lady Like, aquele estilo bem feminino que o Marc Jacobs apresentou na sua ultima coleção.  Só que, eu prefiro qd as peças são mais teens, ao contrário da passarela da Andrea Marques, que apostou no lady like mais maduro, saias rodadas pela altura do joelho, camisas de seda sem manga (hit!), calças mais curtas... Uma novidade são as estampas de flores e animal print. Uma coisa que eu acho um insulto à moda são os conjuntinhos, que não ficaram tão ridículos qt o normal, mas mesmo assim, não use...
O Futebol da New Order
Eu não gosto de futebol. Se querer ofender, mas na minha visão são um bando de cara suado correndo atras de uma bola para coloca-la dentro de uma caixa de sapato gigante. Então, nessa minha concepção mt adorável, eu não caí de amores pela coleção da New Order que entrou com tudo nesse universo, sinceramente, prefiro mil vezes o balé+militar da ultima temporada. Tá, deixa de blá-blá-blá. A marca de acessórios apostou bolsas com jeito de academia, mochilas, bolsa-sacos, carteiras com alça... Detalhe: tudo ou era couro colorido, no maior color blocking, ou dourado, ou listras (#Pradafeelings). Agora, vamos combinar, aqueles tijolos sapatos são o fim, né?
Os Recortes da Giulia Borges
Os anos 70 numa visão não hippie! Bom, pelo menos não tão hippie. A coleção da Giulia é, de inicio, um hi-lo lyndo: o rústico linho branco com o moderno couro colorido. Só que logo depois ela começa a pesar nas cores, estampas psicodélicas, floral mt forte, tachas, capas nas costas... Muita informação, sabe? Além disso,  as costuras mal terminadas são super obvias, principalmente levando em consideração que está no Fashion Rio.
Os Jeans de Herchcovitch
Confesso, tenho uma queda por a grife Herchcovitch que até tive uma joaninha de estimação com esse nome.   Só que ela morreu asfixiada, tadinha... Lamentações a parte, essa coleção foi a estreia do estilista em jeans. E ela ahasou no assunto: do ultradelavé, passando por tds os tons de azul, até chegar ao black. As modelagens mais variadas, perfeita para qqr faixa etária. Alexandre saiu do comum com o tão comum tecido, mas mesmo assim não fez loucuras. Fica sofisticado, moderno e fashionista - de um jeito fácil de combinar. Não é a toa minha paixão de shopaholic, né?
A Ryqueza da Triya
A marca paulista de moda praia sabe como poucos explorar o lado ryco dos biquínis e maiôs. Junto às estampas, mts pedras, mts bordados e mts pérolas o loosho chegou ao ápice na passarela. E nem to comentando o tule nude. É uma coleção linda, exagerada, mas linda. Só que, pense comigo, é moda praia. Praia=Mar=Água. Nadar com aquela pedraria td, #comofaz? E outra, os recortes, embora super phynos, não deixam o melhor bronzeado. São peças de passarela, não de areia.
Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

Um comentário:

  1. OBRIGADA DESDE JÁ!
    Caro amigo(a) aconteceu um desastre no meu blog e perdí tudo!!!
    peço a colaboração de todos para me seguir novamente..

    Obs: eu já sigo o seu!

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!