20 de jun de 2011

As Confissões de Laura Lucy

As Confissões de Laura Lucy por Fernanda Saads


Laura Lucy está à beira dos trinta e à beira de um ataque de nervos. De repente, a mulher decidida que pensava ser dá lugar a uma garota cheia de dúvidas diante de dois pretendentes bem-sucedidos, bonitos e charmosos; Sorte no amor e nos negócios é possível? Entre faturas de cartão de crédito, hambúrguer e batata-frita, amor incondicional pelo secador de cabelos e livros de autoajuda, ela tenta se equilibrar e conseguir realizar seus sonhos mais secretos.


Editora: Novo Século
ISBN: 9788576794509
Páginas: 328
Comprar

Assim que terminei Cidade das Cinzas, vasculhei a estante em busca de algo onde os personagens fossem mais velhos, o livro tivesse cara de engraçado, confusão de mais, romance de menos, em outras palavras, um chick lit! O escolhido foi As Confissões de Laura Lucy da escritora brasileira Fernanda Saads. O livro em uma palavra? Hilário!

Laura Lucy sempre sonhou que quando tivesse trinta anos já estaria casada, com filhos e uma carreira bem sucedida. Só que com quase essa idade, sua vida não está nem perto do planejado. Ela mora em um apartamento minusculo onde sua única companhia é um secador de cabelos chamado Beto. Seu último namorado foi a dois anos, e ainda não conseguiu a tão sonhada promoção para gerente da empresa em que trabalha.

E se antes estava solteira e sem pretendentes, em questão de dias surgem dois: Bernardo é seu chefe, Baruk é um cliente em potencial na empresa em que trabalha. Ambos são bonitos, bem sucedidos e apaixonantes - e gostam dela. Entre projetos de marketings, empregos extras frustrados, compras e planos deixados de lado, a história de Laura Lucy é perfeita para rir muito!

Eu adorei a história. Passei a semana inteira enrolando com o livro do lado da cama, mas quando peguei ele devorei em poucas horas! A história é mt engraçada - dei várias gargalhadas longas e sonoras, ou seja, paguei de louca e desequilibrada inúmeras vezes. Mas também... É impossível não rir das loucuras da Laura.

A personagem principal é mt divertida. Completamente maluca, ela é daquelas pessoas que pensam em coisas absurdas para encarar situações complicadas.  Pensar em crianças na Africa para engolir sushi? Confere! Reclamar de estar viva depois de um acidente de carro? Claro, agora tem que encarar um dos pretendentes! Laura tb é daquelas pessoas que são pseudo-organizadas: fazem mil planos certinhos, com anotações e metas perfeitamente articuladas para serem abandonas na primeira barreira. Alem disso, ela ainda é shoppaholic assumida - tipo a Becky Bloom, que super valoriza um cartão de crédito.

Falando em Becky, a narrativa da Fernanda me lembrou mt a da Sophie Kinsella. Só que com toques de Johanna Edwards e Bridget Asher - minhas divas do Chick Lit! Fernanda escreve de um jeito fácil, leve, com grande bom humor e fortes pitadas de sarcasmo. Embora eu ache que Sophie Kinsella é insuperável, Fernanda é uma ótima concorrente.

Você que é fã de Chick lit, da Becky Bloom ou comédias românticas (pq sim, Chick Lit é como um filme de Comédia Romântica onde os personagens tem quase trinta anos), tem que ler esse super lançamento - Cinco estrelas!

"Durmo o domingo quase todo. O telefone começa a tocar, então tiro o som e nem levanto. Estou cansada demais. Cansada de tudo. Não quero acordar e enfrentar a realidade. Quero ser um vegetal ou voltar a ser criança e ficar dormindo até tarde nas férias, sem dívidas, sem preocupações e sem desilusões amorosas."
Página 111

Bjs,
Para vc que me ama, Girlie Poderosa

4 comentários:

  1. Ola!!
    Não sou nem uma expert em chick lit(só li um cabeça de vento da Meg), mas me apaixonei por este genero lendo apenas um livro.Tenho certeza que darei boas risadas com As confissões de Laura Lucy, ao ler este título só me vem a cabeça confissões de adolescente. Mas eu sei que o livro da Fernanda Saads aborda um tema bem mais adulto, afinal a protagonista tem quase 30 anos. é certo que pela resenha podemos notar seus dilemas, dúvidas e sonhos que nos lembra uma adolescente, mas sinceramnete toda mulher tem seu momento teen, quando esta diante de uma situação bem complicada na vida, como a de Laura lucy.
    Amei a resenha e já foi para minha "listinha"
    Bjos!!!

    ResponderExcluir
  2. Adorei a sua resenha, amo chick lit e pelo visto esse vai se mais um que vou amar. Cada resenha que eu leio me deixa com mais vontade de ler, com certeza já está na minha lista de desejados.

    ResponderExcluir
  3. Normalmente livros chick lit não chamam muito a minha atenção, mas esse parece ser muito engraçado e espero não chegar aos 30 e me identificar com essa personagem ahauhauahuahuauh. Adorei a resenha.

    Bjss
    www.frozenlivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Eu sou uma negação quando se diz respeito a gêneros literários. Talvez seja por desconhece-los mesmo. Eu apenas leio. hsaud' Sei que uns tem o mesmo estilo que outros, mas nunca parei pra analisar.

    Agora falando do livro em si, não conhecia. Adorei a resenha, chamou mesmo a atenção. Mas é impossível colocá-lo na minha wish list. Ele seria completamente esquecido. Tenho tantos outro como prioridade que fica difícil.

    Não tenho o costume de ler autores brasileiro, até porque desconheço um pouco o que é bom e alguns livros são mais caros que os best sellers internacionais, aí fica difícil pra quem é pobre feito eu. hasudhau'

    Mas adorei a resenha, de verdade.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir

E chegamos a parte maravilhosa em que vocês participam do blog comigo! Deixe sua opinião sobre o que leu/viu, só com alguns poréns:
- Comentários ofensivos à autora do blog ou outros comentaristas não serão aprovados.
- Comentários preconceituosos ou/e de caráter sexual não serão aprovados.
- Comentários anônimos não serão aprovados, a ferramenta só está ativada pela liberação de comentários com NOME+URL de pessoas não cadastradas no Google, etc.
- Comentários unicamente de divulgação não serão aprovados.
- As respostas serão feitas na página de comentários, em caso de mais urgência, utilize a ferramenta "Contato" na lateral.
Tirando essas pequenas regrinhas, fiquei a vontade! O espaço é de vocês :D Aliás, obrigada pelo comentário!